Guardiões do Rio Mogi retiram centenas de garrafas pet em mutirão de limpeza

Publicado por

Como todos nós já sabemos, o plástico é o grande vilão dos rios e mares do universo. Não poderia ser diferente no Sul de Minas. Pensando nisso, no último sábado, dia 6 de abril, uma equipe de Caiaque e Barcos Guardiões do rio Mogi Guaçu, realizou um mutirão de limpeza no Rio Mogi pelo setor da Ponte Preta onde haviam muitos pontos críticos referente a lixo acumulado. Este quadro já é de longa data visto que a população ainda não se conscientizou a respeito. “Um dos grandes problemas da cidade de Ouro Fino e de Inconfidentes é a falta de tratamento de esgoto adequado” afirma Danilo Pereira, líder do grupo Guardiões.
“Lançados nos rios e efluentes do rio Mogi Guaçu, os provenientes das indústrias e esgotos sanitários vem provocando um sério desequilíbrio no ecossistema aquático. O esgoto doméstico, por exemplo, consome oxigênio em seu processo de decomposição, causando a mortalidade de peixes”, afirmou Danilo. (Jornal Folha de Ouro)

Impacto no meio ambiente

Quando as garrafas PET chegam aos oceanos, mares e rios, elas levam cerca de 400 anos no processo de degradação, podendo causar até a perda da biodiversidade. Além de tudo, acabam se transformando em microplástico, ou seja, pequenas partículas plásticas que são poluentes e tóxicas, sendo responsáveis por matar milhares de animais ao redor do mundo quando esses confundem essas partículas com comida. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.